Sofia Ribeiro confiante no aumento do POSEI

A Eurodeputada Sofia Ribeiro insistiu na necessidade de o programa POSEI ser aumentado no próximo orçamento da União Europeia, esta terça-feira, 26 de junho, em Bruxelas, à margem de uma série de reuniões com representantes agrícolas das Regiões Ultraperiféricas (RUP).

A Social-democrata começou por lembrar que “o Parlamento Europeu emitiu uma fortíssima posição a favor das Regiões Ultraperiféricas”. “Esta casa aprovou, por larga maioria, um relatório que contém   o documento elaborado por mim, como relatora na Agricultura sobre o próximo Quadro Financeiro Plurianual, que defende o aumento do pacote financeiro do POSEI”. Esta é uma posição “que tem de ser acompanhada pelo Conselho para que possa alcançar sucesso, pelo que estou muito confiante de que chegaremos a bom porto”, reforçou.

Sofia Ribeiro chamou a atenção “para outros constrangimentos que não podem ser descurados, como a redução do financiamento dos programas de desenvolvimento rural e da diminuição em 15% da comparticipação europeia destes mesmos programas, aumentando as responsabilidades financeiras dos Estados-membros ou dos promotores dos projectos,  caso seja este o entendimento do Governo Regional, bem como, no processo de revisão da Política Agrícola Comum, propostas que possam vir a pôr em causa o regime autónomo do POSEI”.

Esta posição é tão mais relevante dada a pronúncia pelo Comissário da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Phil Hogan, numa reunião com representantes agrícolas das RUP, de que vai cumprir com as propostas dos legisladores para restabelecer a manutenção do nível de financiamento do POSEI, tendo assegurado compreender as preocupações destas Regiões. Para a Eurodeputada Açoriana, “as declarações do Comissário reforçam a relevância da posição do Parlamento, como codecisor nos processos de decisão europeia, tendo sido muito claro na defesa da Agricultura das Regiões Ultraperiféricas, com a aprovação do meu relatório que defende o aumento do pacote do POSEI. O que o Comissário nos diz, é que a posição do Parlamento Europeu será respeitada e que espera que o Conselho assim também o faça. Fica novamente expresso a enorme importância do relatório que elaborei, como responsável da Comissão de Agricultura do Parlamento Europeu para o próximo Quadro Financeiro Plurianual”.

A Eurodeputada aproveitou para ressalvar a extrema importância da visita do Comissário Hogan aos Açores, já nos próximos dias 28 e 29 de junho, “numa altura em que tão importantes decisões estão a ser tomadas”. “Podem tentar esconder ou disfarçar, mas o Comissario vem aos Açores a meu convite, reforçado pelo Governo Regional, mas resultado de um enorme trabalho de bastidores de sensibilização da importância dos Acores e desta visita. Espero que consigamos demonstrar, através do contato direto, os constrangimentos e as potencialidades da produção agrícola dos Açores, para que o Comissário possa perceber as vantagens e as necessidades de uma diferenciação positiva”.

É fundamental termos sempre em mente que investir na Agricultura nos Açores, para além de visar o aumento da qualidade da alimentação de forma acessível pelo consumidor, é, acima de tudo, um meio de proteger e manter a coesão económica e social das nossas ilhas e, consequentemente, da própria Europa”, finalizou Sofia Ribeiro.